Mostra Ser leva filmes e debates LGBTTQI ao Sesc Ipiranga em abril

Mostra Ser leva filmes e debates LGBTTQI ao Sesc Ipiranga em abril


Em busca da reflexão sobre o amor e o respeito ao que se é, a Mostra Ser faz temporada no Sesc Ipiranga, em São Paulo (SP), durante o mês de abril. A programação traz filmes de curta e longa duração cujo eixo central é o afeto, diversidade de gênero e questões LGBTTQI. A mostra ainda promove um pocket show gratuito de Linn da Quebrada, bate-papos sobre diversidade e gênero e traz o curso LGBTs no Cinema Brasileiro – Panorama Histórico Séculos XX e XXI, com o cineasta e jornalista Lufe Steffen (São Paulo em Hi-Fi).

(mais…)

Recentes produções da Casa de Cinema de Porto Alegre encerram mostra comemorativa

Recentes produções da Casa de Cinema de Porto Alegre encerram mostra comemorativa


São 30 anos, 21 longas, 14 médias, 31 curtas, 18 séries e mais de 200 episódios, em 7593 minutos de material produzido. Até o dia 21 de dezembro, a Casa de Cinema de Porto Alegre promove mostra comemorativa às suas três décadas de existência, disponibilizando 30 títulos em streaming gratuitamente, através do site da produtora. As produções selecionadas são disponibilizadas por uma semana na plataforma Vimeo, com a melhor qualidade de imagem disponível e alguns com opções de legendas em português, inglês e espanhol.

(mais…)

Casa de Cinema de Porto Alegre disponibiliza filmes gratuitamente em mostra comemorativa

Casa de Cinema de Porto Alegre disponibiliza filmes gratuitamente em mostra comemorativa


A Casa de Cinema de Porto Alegre, produtora responsável por premiadas produções para o cinema e televisão, como “Ilha das Flores”, “Saneamento básico, o filme”, “Doce de Mãe”, celebra 30 anos com uma mostra online e gratuita. Até o dia 21 de dezembro, serão disponibilizadas via streaming 30 produções realizadas entre 1994 e 2000.

(mais…)

19 animações brasileiras integram a programação do Animage 2017

19 animações brasileiras integram a programação do Animage 2017


O Animage – Festival Internacional de Animação de Pernambuco chega a sua oitava edição prezando pela ousadia, diversidade e liberdade de expressão. A partir desta sexta-feira (24) até o dia 3 de dezembro, os cinemas São Luiz, do Museu, o Jump – Apolo 235 e a CAIXA Cultural, em Recife (PE), exibem animações de 28 países e cedem seus espaços para debates e oficinas.

(mais…)

Mostra comemora centenário de Grande Otelo

Mostra comemora centenário de Grande Otelo


Em comemoração ao centenário de Grande Otelo (1915-1993), a estrela das chanchadas da Atlântida, dos cassinos cariocas e do chamado teatro de revista, a Caixa Belas Artes, em São Paulo, promove neste mês de outubro a mostra O Maior Ator do Brasil — 100 Anos de Grande Otelo. As sessões começam nesta quinta-feira (8) e seguem até o dia 21.

Serão exibidos 23 filmes e documentários estrelados por Grande Otelo. Entre as obras selecionadas, estão Macunaíma (1969), longa-metragem baseado na obra homônima de Mário de Andrade; É Tudo Verdade (1993), documentário inacabado de Orson Welles com registros da América do Sul; Matar ou Correr (1954), faroeste de comédia com direção de Carlos Manga; e Rio Zona Norte (1957), de Nelson Pereira dos Santos.

Na programaçãotambém haverá um bate-papo com Helena Ignez, atriz de Copacabana Mon Amor, uma das produções da Belair Filmes, dos anos 1970. Após a temporada em São Paulo, a mostra, que tem curadoria de Breno Lira Gomes e João Monteiro, segue para o Rio de Janeiro.

Confira a programação completa:

Quinta, 8 de outubro

16h – Garota Enxuta (1959), de J.B. Tanko
18h30 – Sebastião Prata ou, Bem Dizendo, Grande Otelo (1971), de Ronaldo Foster e Murilo Salles
Sessão seguida de debate com o tema Grande Othelo: Eu Sou a Cultura Brasileira, com a participação de Mario Prata, filho de Grande Othelo, dos curadores Breno Lira Gomes e João Monteiro. Grátis

Sexta, 9 de outubro

16h – Os Três Cangaceiros (1961), de Victor Lima
18h30 – O Barão Otelo no Barato dos Bilhões (1971), de Miguel Borges

Sábado, 10 de outubro

16h – Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade
18h30 – Rio Zona Norte (1957), de Nelson Pereira dos Santos
23h30 – O Assalto ao Trem Pagador (1962), de Roberto Farias

Domingo, 11 de outubro

16h – Mulheres à Vista (1959), de J.B. Tanko
18h30 – Os Herdeiros (1969), de Cacá Diegues

Segunda, 12 de outubro

16h – Tudo é Brasil (1997), de Rogério Sganzerla
18h30 – Matar ou Correr (1954), de Carlos Manga

Terça, 13 de outubro

16h – Onde Estás Felicidade? (1939), de Mesquitinha
18h30 – Samba em Berlim (1943), de Luiz de Barros

Quarta, 14 de outubro

16h – Brasa Adormecida (1985), de Djalma Limongi Batista
18h30 – Lúcio Flávio, Passageiro da Agonia (1977), de Hector Babenco

Quinta,15 de outubro

16h – O Barão Otelo no Barato dos Bilhões (1971), de Miguel Borges
18h30 – A Baronesa Transviada (1957), de Anselmo Duarte

Sexta, 16 de outubro

16h – Romance Proibido (1944), de Adhemar Gonzaga
18h30 – Natal da Portela (1988), de Paulo César Saraceni

Sábado, 17 de outubro

16h – Um Candango na Belacap (1961), de Roberto Farias
18h30 – O Assalto ao Trem Pagador (1962), de Roberto Farias
23h30 – A Família do Barulho (1970), de Júlio Bressane

Domingo, 18 de outubro

16h – Nem Tudo É Verdade (1985), de Rogerio Sganzerla
Sessão seguida de masterclass O Maior Ator do Brasil: Quando Grande Othelo encontrou com Orson Welles, com Helena Ignez. Grátis
18h30 – Matar ou Correr (1954), de Carlos Manga

Segunda, 19 de outubro

16h – A Linguagem de Orson Welles (1990), de Rogério Sganzerla
18h30 – Mulheres à Vista (1959), de J.B. Tanko

Terça, 20 de outubro

16h – A Baronesa Transviada (1957), de Anselmo Duarte
18h30 – Um Candango na Belacap (1961), de Roberto Farias

Quarta, 21 de outubro

16h – Rio Zona Norte (1957), de Nelson Pereira dos Santos
18h30 – Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade

Mostra: O Maior Ator do Brasil – 100 Anos de Grande Otelo

Data: De 08 a 21 de outubro de 2015

Horário: vide programação

Local: Caixa Belas Artes

Endereço: Rua da Consolação, 2423 – Consolação – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2894-5781

Entrada: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia entrada prevista em lei e vantagens para clientes CAIXA)

Funcionamento: de segunda-feira a domingo, das 13h30 às 23h30

Capacidade: 144 lugares

Classificação etária: vide programação

Caixa Belas Artes: www.caixabelasartes.com.br

 

Pin It on Pinterest