A história do cinema contada a partir de filmes dirigidos por mulheres

A história do cinema contada a partir de filmes dirigidos por mulheres

Tags:

Quantos filmes dirigidos por mulheres são reconhecidos e citados como marcos históricos? Quem são as diretoras que fizeram e continuam a fazer a história do cinema? Como seria fazer uma releitura histórica somente a partir de filmes dirigidos por mulheres? Esse debate é proposto pelo curso Mulheres no Cinema, ministrado pelas jornalistas e críticas Joyce Pais, criadora do site Cinemascope, e Luísa Pécora, do Mulher no Cinema, que será realizado no Instituto de Cinema, localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, a partir da próxima terça-feira (2).

A iniciativa foi motivada pela atualidade e relevância do tema, com um recorte raramente visto no mercado. Dividido em três módulos – intitulados “Cineastas pioneiras”, “Vanguarda e resistência” e “Cinema contemporâneo” -, o curso, que conta com 12 encontros, oferece um panorama introdutório do cinema realizado por mulheres no Brasil e no mundo. “Percebo que, com a pauta da representatividade nessa indústria cada vez mais no centro das discussões, o interesse por parte dos cinéfilos em filmes que fogem do cânone também é crescente, e se manifesta tanto nas redes quanto em eventos que participo pelo Brasil”, afirma Joyce Pais.

O programa destaca obras produzidas por realizadoras como Alice Guy-Blaché, Agnès Varda, Chantal Akerman, Helena Solberg, Kathryn Bigelow, Ava DuVernay, Anna Muylaert, entre outras. Serão discutidas, também, como as narrativas abordadas nestes trabalhos estão atreladas, inevitavelmente, a questões históricas, sociais, comportamentais e políticas. Segundo Luísa Pécora, o objetivo do curso “é apresentar e discutir o trabalho de cineastas que contribuíram e contribuem para a produção audiovisual, ampliando o repertório dos alunos e colocando-os em contato com novos olhares, pontos de vistas e linguagens”.

Mulheres do cinema brasileiro

O cinema brasileiro não ficará de fora da releitura histórica. O programa do curso Mulheres no Cinema traz pontuações importantes sobre a participação da mulher no meio cinematográfico no Brasil. Ao longo do curso, serão destacadas realizações de cineastas como Cléo de Verberena (1909-1972) no cinema mudo; Gilda de Abreu (1904-1979), com a chegada do cinema sonoro; Helena Solberg (1938 – ), única diretora do Cinema Novo; Ana Carolina (1949 – ) e Tereza Trautman (1951 – ) na resistência contra a censura da Ditadura Militar; Adélia Sampaio (1944 – ), primeira cineasta negra a dirigir um longa no Brasil e diretora do primeiro filme com temática lésbica; até o cinema brasileiro contemporâneo, representado por Anna Muylaert, Tata Amaral, Laís Bodanzky e Carla Camurati.

O investimento para o curso é de 3 x de R$ 265 e as matrículas podem ser realizadas no site: http://bit.ly/mulheresnocinema-curso-inc. Para mais informações, enviar e-mail para [email protected] e/ou [email protected]

Serviço

QUANDO| A partir do dia 02 de abril de 2019

DIAS DA SEMANA E HORÁRIO |Terça, das 19h às 22h

DURAÇÃO | 12 encontros

CARGA HORÁRIA | 36h

INSCRIÇÕES | http://bit.ly/mulheresnocinema-curso-inc

Rodada de Estudos Audiovisuais promove cursos gratuitos de cinema em Goiânia

Rodada de Estudos Audiovisuais promove cursos gratuitos de cinema em Goiânia


A 1ª REAU – Rodada de Estudos Audiovisuais recebe inscrições para uma série de cursos com realizadores, produtores e pesquisadores do cinema brasileiro, a ser realizada no Centro Cultural UFG, nos meses de abril e maio. Os cursos oferecidos nesta primeira rodada são “Documentário de observação”, com o documentarista mineiro Marcos Pimentel; “Escrever e ler com a câmera: ensaio, poesia, carta e diário no audiovisual”, com a pesquisadora e realizadora Glaura Cardoso Vale; “Produção executiva para cinema”, com a produtora Luana Melgaço; e “Direção Cinematográfica”, com o diretor goiano Érico Rassi. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site.

(mais…)

Curso discute ‘O Menino e o Mundo’ sob perspectiva da arteterapia

Curso discute ‘O Menino e o Mundo’ sob perspectiva da arteterapia


Um filme desperta emoções, sensações, pensamentos e questionamentos diversos em cada pessoa que o assiste. Para compartilhar e analisar essas diferentes abordagens e interpretações, o curso “Em Cena” propõe um momento de discussão mediado pela psicóloga e arteterapeuta Mônica Guttmann. O encontro é oferecido pela Palas Athena, em São Paulo. As inscrições podem ser realizadas através do site.

(mais…)

Caixa Cultural do Rio oferece curso de crítica cinematográfica

Caixa Cultural do Rio oferece curso de crítica cinematográfica


Na próxima semana, entre os dias 6 e 9 de outubro, a Caixa Cultural do Rio de Janeiro promove o Curso de Crítica Cinematográfica. A atividade é gratuita e será ministrada pelo crítico do jornal O Globo, Mario Abbade. As inscrições estão sendo feitas pelo e-mail [email protected], onde o interessado deve informar o nome completo, número do RG e telefones para contato. As aulas terão duração de 2 horas, começando sempre a partir das 18h45. Ao final do curso, será entregue um certificado de participação.

A partir desta terça-feira (29), começam a ser exibidos os seis filmes que serão comentados durante as aulas. As sessões são abertas ao público e os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia-entrada). Entre as obras em cartaz, estão o documentário Crítico (2008), do diretor brasileiro Kleber Mendonça Filho, e o clássico Paixão dos fortes (1946), de John Ford.

“O curso pretende oferecer um processo consistente de formação e aprimoramento de críticos de cinema. A essência do programa é a relação entre a análise fílmica e a resenha crítica, o que inclui atividades como comparar modelos e abordar a instrumentalização teórica e técnica necessária à avaliação de obras de arte, além de aspectos do exercício da profissão como métodos de trabalho, jargão, linhas editoriais e orientações práticas”, comentou Abbade ao Jornal do Brasil.

Programação da mostra Curso de Crítica Cinematográfica:

29 de setembro (terça-feira)

19h – Crítico (2008), Kleber Mendonça Filho, 80 min, Brasil. Livre

30 de setembro (quarta-feira)

19h – Corrida contra o destino (1971), Richard C. Safarian,106 min, EUA. 14 anos

1º de outubro (quinta-feira)

19h – Drive (2011), Nicolas Winding Refn, 100 min, EUA. 16 anos

2 de outubro (sexta-feira)

19h – Paixão dos fortes (1946), John Ford, 97 min, EUA. 14 anos

3 de outubro (sábado)

18h – Trapaça (2013), David O. Russell, 138 min, EUA. 14 anos

4 de outubro (domingo)

18h – Estrada perdida (1997), David Lynch, 134 min, EUA. 16 anos

Pin It on Pinterest