O 48º Festival de Brasília começou na última terça-feira (15) e vem provando que o cinema brasileira está muito bem. Diretores jovens e veteranos assinam seis filmes de longa-metragem e 12 filmes de curtas e médias-metragens de todos os gêneros que competem por prêmios de até R$ 340 mil. Foram mais de 580 produções inscritas no festival de vários estados brasileiros, principalmente das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

A edição de 2015 se destaca pela diversidade. Além das mostras competitivas, quatro mostras paralelas movimentam o festival: Panorama Brasil, Continente Compartilhado, Brasília Troféu Câmara Legislativa do DF e Festivalzinho, com seminários sobre curadoria, fórum de coprodução internacional e participação de convidados internacionais. As oficinas e máster-classes estão contando com a participação de nomes de ponta do cinema nacional.

O filme escolhido para abrir o festival foi Um Filme de Cinema, de Walter Carvalho, e cerimônia de encerramento, que acontece na próxima terça (22), contará com Até Que a Casa Caia, de Mauro Giuntini.

O Festival

Dentre os 130 longas-metragens inscritos, foram selecionados seis, cada um de um estado diferente: A Família Dionti, de Alan Minas (97min, RJ, 2015), Big Jato, de Claudio Assis (92min, PE, 2015), Fome, de Cristiano Burlan (90min, SP, 2015), Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba (113min, PR, 2015), Prova de Coragem, de Roberto Gervitz (90min, RS, 2015) e Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman (85min30, DF, 2015).

Dentre os 221 médias e 237 curtas-metragens de vários estados, a comissão de seleção escolheu: A Outra Margem, de Nathália Tereza (26 min, MS, 2015), À Parte do Inferno, de Raul Arthuso (22min, SP, 2015), Afonso é uma Brazza, de Naji Sidki e James Gama (23min, DF, 2015), Cidade Nova, de Diego Hoefel (14min, CE, 2015), Command Action, de João Paulo Miranda Maria (13min, SP, 2015), Copyleft, de Rodrigo Carneiro (29min30, MG, 2015), História de uma Pena, de Leonardo Mouramateus (30min, CE, 2015), O Corpo, de Lucas Cassales (16min, RS, 2015), O Sinaleiro, de Daniel Augusto (15min, SP, 2015), Quintal, de André Novais Oliveira (20min, MG, 2015), Rapsódia para o Homem Negro, de Gabriel Martins (24min, MG, 2015) e Tarântula, de Aly Muritiba e Marja Calafange (20min, PR, 2015).

A estes 18 filmes somam-se outros 18, que competem ao Troféu Câmara Legislativa (com um total de R$ 200 mil em prêmios) e que foram escolhidos dentre 81 produções do Distrito Federal, inscritas para a Mostra Brasília. As sessões das mostras competitivas (as 20h30) e da Mostra Brasília (17h) acontecerão sempre no Cine Brasília. Assim também as cerimônias de abertura e encerramento do festival. No dia seguinte à exibição oficial, os filmes poderão ser vistos na sala 4 do Cine Cultura Liberty Mall, em sessões que começam às 14h30.

Confira a programação dos próximos dias do Festival de Brasília:

19 sábado
11h, Hotel sede, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes das mostras competitivas exibidos na noite anterior no Cine Brasília

14h30, Hotel sede, acesso livre
Seminário curadoria e circuitos
Mesa: Os lugares da curadoria
Nicolas Azalbert, Cahiers du Cinema; Cleber Eduardo, Festival de Tiradentes;
Antônio Junior, Olhar de Cinema, Curitiba; Marcela Borela e Rafael Parrode,
Festival Fronteiras, Goiânia
Mediador: Pablo Gonçalo, Festival de Cinema de Brasília.

14h30, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4

Mostras competitivas (reprise)
Cidade Nova, de Diego Hoefel, 14min, CE/DF (12 anos)
Copyleft, de Rodrigo Carneiro, 29min30, MG (18 anos)
Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba, 113min, PR (16 anos)
17h, Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF
Ninguém Nasce no Paraíso (Matriz Proibida), de Alan Schvarberg, 25min
(Livre)
Asfalto, de Márcio de Andrade, 4min30 (Livre)
O outro lado do paraíso, de André Ristum, 101min (14 anos)

17h, Hotel sede, acesso livre
Lançamento de livros e Dvds: A construção do poético no Roteiro
cinematográfico, de Ana Johann; Jornal de Cinema, de Vladimir Carvalho;
Cinema brasileiro a partir da retomada – Aspectos econômicos e políticos,
de Marcelo Ikeda; Cinema e Cordel – Jogo de Espelhos, de Sylvie Debs;
Escuta do desejo, de Dinara Machado Guimarães; Terra Distante, de João
de Lima Gomes; Orson Welles: Banda de um homem só, de Adalberto
Müller; e DVD Heinz Forthmann, de Marcos de Souza Mendes (CTAV).

17h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Panorama Brasil
Olhar de Nise, de Jorge Oliveira e Pedro Zoca, 95min, DF (Livre)

19h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Continente Compartilhado
El Ardor, de Pablo Fendrik, Argentina/EUA/ México/Brasil/França, 2014 (12 anos)

20h30, Cine Brasília
Mostras competitivas
Quintal, de André Novais Oliveira, 20min, MG (16 anos)
Afonso é uma Brazza, de Naji Sidki e James Gama, 24min, DF (14 anos)
Big Jato, de Claudio Assis, 93min, PE (16 anos)

20 domingo
11h, Hotel sede, acesso livre

Debate com as equipes dos filmes das mostras competitivas exibidos na
noite anterior no Cine Brasília

14h30, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostras competitivas (reprise)
Quintal, de André Novais Oliveira, 20min, MG (16 anos)
Afonso é uma Brazza, de Naji Sidki e James Gama, 24min, DF (14 anos)
Big Jato, de Claudio Assis, 93min, PE (16 anos)

17h, Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF
Johan, de Washington Rayk, 9min15 (Livre)
João Brandão adere ao punk, de Ramiro Grossero, 15min (14 anos)
Dias de azar, de Priscila Pereira, 21min58 (14 anos)
Vagabunda de meia tigela, de Otávio Chamorro, 24 min (14 anos)
Faz seu corre, de Ricardo Palito, 23min32 (14 anos)
O melhor fotógrafo do mundo, de Faúston da Silva, 25min (16 anos)

17h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Panorama Brasil
5 Vezes Chico – O Velho e sua Gente, de Gustavo Spolidoro, Ana Rieper,
Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein, Eduardo Nunes, 90min, RJ (Livre)
19h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Continente Compartilhado
Jauja, de Lisandro Alonso, Argentina/
Dinamarca/França/México/EUA/Alemanha/Holanda/Brasil, 2014 (12 anos)

20h30, Cine Brasília
Mostras competitivas
A outra Margem, de Nathália Tereza, 26min, MS (12 anos)
História de uma Pena, de Leonardo Mouramateus, 30min, CE (14 anos)
Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman, 85min, DF
(Livre)

21 segunda-feira
9h, auditório II do Museu Nacional, acesso livre
II Oficina de Audiovisual para Professores, com Ciro Marcondes

9h30, Cine Brasília

1º Festival de Filme de curta metragem das escolas públicas de Brasília
Homenagem a Vladimir Carvalho, premiação com exibição dos filmes
vencedores

10h, Teatro Sesc Newton Rossi (Ceilândia), Espaço Cultural Paulo Autran
(Sesc Taguatinga), Teatro do Sesc Gama – escolas agendadas da rede
pública do DF
Festivalzinho – Livre
Mostra de filmes de curta metragem com temática infantil em parceria
com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

11h, Hotel sede, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes das mostras competitivas exibidos na
noite anterior no Cine Brasília

14h30, hotel sede, acesso livre
Lançamento DBCA – Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual
Abertura: Sylvio Back, Juca Ferreira, Carlos Galettini, Janine Lorente, Jose
Luis Acosta, Horácio Maldonado e Santiago Schuster
Coordenação: Renato Barbieri
Mesa 1: Direitos autorais e as obras cinematográficas: um panorama sobre
a situação brasileira e mundial e as perspectivas para os diretores
brasileiros
Sylvio Back, Carlos Galettini, Janine Lorente, Jose Luis Acosta, Horácio
Maldonado, Santiago Schuster, Marcos Souza
Coordenação: Ricardo Pinto e Silva
Mesa 2 e debate: Desafios e metas da DBCA na gestão coletiva de direitos
autorais no Brasil
Sylvio Back, Ricardo Pinto e Silva, Márcio Costa de Menezes e Gonçalves,
Daniel Pitanga, Luis Alberto Mangiavillano, Horacio Maldonado, Santiago
Schuster
Coordenação: Guilherme de Almeida Prado

14h30, Biblioteca Nacional de Brasília, auditório II, acesso livre
II Encontro do Colegiado Setorial do Audiovisual do DF
Mesa: Ana Arruda, André Muniz Leão, Helenise Brant, Luísa Caetano, ABCV –
Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo, Aprocine – Associação de
Produtores e Realizadores de Filmes de Longa Metragem de Brasília e outros
Mediador: Adriano de Angelis

14h30, auditório II do Museu Nacional da República, acesso livre
3º Encontro de Experiências Educativas no Audiovisual

Mesa: Ana Dillon, Diane Maia, Eloiza Gurgel Pires, Joel Pizzini, Juana Nunes
Pereira, Maria Angélica dos Santos, Maurício Eça, Pola Ribeiro e Vânia Lúcia
Quintão Carneiro
Mediação: Camila Gregório

14h30, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostras competitivas (reprise)
A outra Margem, de Nathália Tereza, 26min, MS (12 anos)
História de uma Pena, de Leonardo Mouramateus, 30min, CE (14 anos)
Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman, 85min, DF
(Livre)

17h, Cine Brasília, entrada franca
Mostra Brasília – Troféu Câmara Legislativa do DF
Afonso é uma Brazza, de Naji Sidki e James Gama, 23min (14 anos)
Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman, 85min30 (14
anos)

17h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Panorama Brasil
Asco, de Ale Paschoalini, 71min, SP (14 anos)

19h, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostra Continente Compartilhado
En el Nombre de la Copa, de Diego Marín Verdugo, Chile/Brasil, 2015 (14
anos)

20h30, Cine Brasília
Mostras competitivas
O Sinaleiro, de Daniel Augusto, 15min, SP (16 anos)
O Corpo, de Lucas Cassales, 16min, RS (18 anos)
Prova de Coragem, de Roberto Gervitz, 90min, RS (12 anos)

22/9, terça-feira
9h, auditório II do Museu Nacional da República, acesso livre
II Oficina de Audiovisual para Professores, com Ciro Marcondes

10h, Teatro Sesc Newton Rossi (Ceilândia), Espaço Cultural Paulo Autran
(Sesc Taguatinga), Teatro do Sesc Gama – escolas agendadas da rede
pública do DF

Festivalzinho – Livre
Mostra de filmes de curta metragem com temática infantil em parceria
com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis

11h, Hotel sede, acesso livre
Debate com as equipes dos filmes das mostras competitivas exibidos na
noite anterior no Cine Brasília

14h30, Hotel sede, acesso livre
Master Class de Direção de Produção, com Marcelo Torres

14h30, auditório II do Museu Nacional da República, acesso livre
3º Encontro de Experiências Educativas no Audiovisual
Mesa: Ana Dillon, Diane Maia, Eloiza Gurgel Pires, Joel Pizzini, Juana Nunes
Pereira, Maria Angélica dos Santos, Maurício Eça, Pola Ribeiro e Vânia Lúcia
Quintão Carneiro
Mediação: Claudia Castro

14h30, Cine Cultura Liberty Mall, sala 4
Mostras competitivas (reprise)
O Sinaleiro, de Daniel Augusto, 15min, SP (16 anos)
O Corpo, de Lucas Cassales, 16min, RS (18 anos)
Prova de Coragem, de Roberto Gervitz, 90min, RS (12 anos)

19h, Cine Brasília, para convidados
Noite de premiação com exibição do filme Até que a Casa Caia, de Mauro
Giuntini, 85min, DF e entrega dos troféus e prêmios