“Uma plataforma de documentários que contam a história sociopolítica dos últimos anos”. Assim se apresenta a Bombozila, criada para ser uma janela de exibição por streaming de documentários independentes que retratam questões relacionadas a lutas sociais e resistência. O catálogo conta com mais de 400 filmes de diversos países, com destaque para a América Latina, disponíveis para assistir online e gratuitamente.  

A iniciativa começou em 2016, no Rio de Janeiro, e é desenvolvida pela comunicadora chilena Sabina Alvarez e pelo cineasta brasileiro Victor Ribeiro. A plataforma, chamada de “Netflix” das lutas sociais, classifica as produções por idiomas, maratonas em forma de “playlist” e categorias de subgêneros ou temáticas, como meio ambiente, diáspora africana e  mulheres indígenas.

Visão do catálogo da plataforma Bombozila. Imagem: Reprodução

Centenas de produções brasileiras, entre curtas, longas e séries, estão no catálogo da Bombozila. Alguns dos destaques são “Terra e sangue”, sobre o massacre de dez trabalhadores rurais em Pau D’Arco (Pará), em 2017; “Mestre Moa do Katendê – A primeira vítima”, em memória de Mestre Moa, assassinado por motivações políticas nas eleições de 2018;  e o longa “Holocausto brasileiro”, que lança o olhar sobre o genocídio de mais de 60 mil pacientes do hospício de Barbacena (MG), entre 1930 e 1980.

O coletivo de profissionais da Bombozila promove também oficinas de formação audiovisual e projeções públicas em parceria com realizadores, outros coletivos e cineclubes de diversas regiões. O objetivo é democratizar o acesso à comunicação, fomentar a produção popular e viabilizar a interação entre filmes e públicos. 

O catálogo do streaming está em constante atualização e possui um formulário permanente para envio de produções. Para submeter um documentário à avaliação da curadoria, basta preencher as informações necessárias e aguardar o contato da equipe. 

Imagem em destaque do documentário “Holocausto brasileiro”, de Daniela Arbex e Armando Mendz.

Leia mais

Comentrários

comentários

Pin It on Pinterest

Share This