Alinhado com agendas públicas nacionais e internacionais de equidade de gênero no cinema, o Festival Internacional de Mulheres no Cinema (FIM) faz sua estreia no circuito de mostras e festivais da cidade de São Paulo. Valorizando e premiando a produção de obras dirigidas exclusivamente por mulheres, o festival abriu na última quinta-feira (5) as inscrições para a mostra competitiva de longas-metragens nacionais.

Podem participar da convocatória filmes de ficção, documentário ou animação concluídos nos últimos 18 meses (inéditos ou não) dirigidos por mulheres de todas as localidades do Brasil. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site até o dia 3 de maio.

Curadoria

O comitê de curadoria selecionará dentre os filmes inscritos seis longas-metragens brasileiros e indicará pela sua livre escolha seis longas-metragens estrangeiros para a competição. O público votará ao final de cada sessão para eleger os dois vencedores – um da Mostra Competitiva Nacional e outro da Mostra Competitiva Internacional – que receberão R$ 15 mil cada.

A programação também traz mostras especiais dedicadas à presença das mulheres nas telas e à diversidade de olhares e narrativas. “A sigla FIM não surge por acaso. O Festival quer o fim da sub-representatividade das mulheres no cinema, estimulando o começo de um novo ciclo” afirma Minom Pinho, sócia-diretora da Casa Redonda e idealizadora do Festival.

A primeira edição do Festival Internacional de Mulheres no Cinema será realizada entre os dias 4 e 11 de julho. O evento é uma realização da Casa Redonda, em parceria com a Associação Cultural Kinoforum, que conta com o apoio do Sesc São Paulo e do grupo Mulheres do Audiovisual, patrocinada pela Avon, dentro do escopo do FAMA – Fundo Avon Mulheres do Audiovisual.

Leia mais

Comentrários

comentários

Pin It on Pinterest