Após ser ovacionado no Festival de Berlim, em fevereiro, e ser escolhido pelo público o terceiro melhor documentário da mostra Panorama, O Processo estreia no Brasil. Com direção de Maria Augusta Ramos, o longa sobre o processo que culminou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi selecionado para o É Tudo Verdade, principal festival de documentários na América do Sul. As exibições acontecem nos dias 15 de abril, em São Paulo, e 17 de abril, no Rio de Janeiro, na mostra paralela Projeções Especiais.

“Tivemos uma estreia muito bacana no Festival de Berlim. Estou muito feliz de estrear O Processo no Brasil durante o Festival É Tudo Verdade, que tem um papel fundamental no documentário brasileiro. Espero sinceramente que o filme possa nos ajudar a refletir sobre o momento atual do país”, afirma a diretora Maria Augusta Ramos.

Para realizar O Processo, Maria Augusta passou vários meses em Brasília, sua cidade natal, acompanhando cada passo do processo de impeachment, somando 450 horas de material filmado. Sem fazer entrevistas ou intervir nos acontecimentos, ela e sua equipe circularam por corredores do Congresso Nacional, filmaram coletivas de imprensa, registraram as votações na Câmara dos Deputados e no Senado e testemunharam bastidores nunca mostrados em noticiários.

Sobre Maria Augusta Ramos

Diretora dos longas premiados Futuro Junho (2015), Seca (2015), Juízo (2013), Morro dos Prazeres (2013), Justiça (2004) e Desi (2000), Maria Augusta busca compreender e refletir sobre o atual momento histórico brasileiro em seu novo trabalho. A diretora dá continuidade às abordagens desenvolvidas a partir do sistema judiciário do país na trilogia formada por “Justiça”, “Juízo” e “Morro dos Prazeres”.

Em 2014, recebeu o Prêmio Marek Nowicki outorgado pela Helsinki Foundation of Human Rights pela sua obra. Formou-se em música na Universidade de Brasília e cinema na Netherlands Film and Television Academy, em Amsterdã. Seus documentários foram exibidos nos mais importantes festivais de cinema e documentário do mundo, incluindo retrospectivas.

Seu novo longa-metragem é produzido por NoFoco Filmes, coproduzido por Canal Brasil e tem distribuição de Bretz Filmes.

Leia mais

Comentrários

comentários

Pin It on Pinterest